Escolas Superiores Portais
ESEESAESTGESSESCEESDL MULTIMÉDIAINTERNACIONAL
Escola Superior de Educação
Escola Superior Agrária
Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Escola Superior de Saúde
Escola Superior de Ciências Empresariais
Escola Superior de Desporto e Lazer
SASOTICEMPREGO
 
   
 

Programa Unidade Curricular

Curso
Unidade Curricular
Ano
Periodo
ECTS
Ano Letivo
Engenharia Civil e do Ambiente
Materiais de Construção
2
S2
5
201920

 
T
TP
TC
P
PL
L
S
E
EC
O
OT
Horas de Contacto
0
21
0
0
32
0
0
0
0
0
0

Equipa Docente
Nome
Carga Letiva na UC
Responsável
Joana Maria Martins Rosa Maia de Oliveira Almeida
53

Resumo
Na disciplina de Materiais de Construção são adquiridos os conhecimentos fundamentais sobre alguns dos principais materiais utilizados na construção civil (com maior incidência nos materiais estruturais), principalmente no que diz respeito ao seu fabrico, composição, classificação e propriedades físicas e mecânicas.

Objetivos da Aprendizagem
1- Conhecer os principais materiais utilizados na construção civil, nomeadamente no que respeita ao seu processo de fabrico, às condições de aplicação e às suas propriedades.
2- Conhecer os ensaios experimentais, a classificação e a regulamentação mais relevante dos principais materiais estruturais.
3- Conhecer os principais cuidados a ter no fabrico e na aplicação dos materiais estruturais com vista a uma maximização da durabilidade da obra.

Conteudos Programáticos
Horas
1- INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS
Grupos de materiais. Ensaios experimentais e normalização.
4
2- AGREGADOS.
Classificação e processo de obtenção.Curvas granulométricas; módulo de finura; representação triangular de Feret.Mistura e fracionamento de agregados. Qualidade dos agregados para fabrico de argamassas e betões.
12
3- LIGANTES PARA FABRICO DE ARGAMASSAS E BETÕES.
Gesso, Cal e Cimento.Fabrico do Cimento. Componentes principais do clinquer. Presa, endurecimento e hidratação do cimento.
3
4- ARGAMASSA E BETÃO.
Propriedades. Requisitos dos materiais constituintes e estudo da composição.
Condições de aplicação e de cura. Classes de betão. Resistência à compressão, tração e flexão. Controlo de qualidade. Durabilidade.
14
5- AÇOS PARA CONSTRUÇÃO CIVIL.
Processo de fabrico. Propriedades e características mecânicas e elásticas. Classificação dos aços para armaduras de betão armado. Classificação dos aços para estruturas metálicas. Proteção da corrosão e do fogo.
12
6- OUTROS MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL
Materiais cerâmicos usados na construção civil. Estruturas em madeira. Materiais compósitos usados no reforço de estruturas. Materiais reciclados.
8

Metodologias de Ensino
Exposição dos conteúdos programáticos com apresentação de alguns exemplos práticos. Realização de ensaios experimentais. Desenvolvimento de trabalhos e projetos de aplicação dos conceitos versados.

Avaliação
Tipologia de avaliação: Avaliação contínua

Assiduidade: A assiduidade não é obrigatória, mas os alunos que não poderem participar nas aulas devem combinar com o docente a forma como poderá ser ajustada a avaliação, tendo em atenção que têm que ser avaliadas idênticas competências.

A Classificação final (CF) será obtida a partir das avaliações das componentes TP e PL da seguinte forma: CF=0,5x(TP)+0,5x(PL)

Durante o Período Letivo:
- Avaliação da componente TP:
· 3 Provas escritas de carácter teórico-prático, cada uma delas com igual ponderação.
- Avaliação da componente PL:
· 60% - Desenvolvimento de projetos de aplicação dos temas abordados nas horas de contacto, com apresentações e/ou entregas parcelares (avaliação continuada da prestação individual do aluno, pelo docente, valorizando competências técnicas, competências de criatividade e pensamento crítico e competências sociais e de comunicação).
· 40% - Desenvolvimento de um projeto interdisciplinar, em grupo, com apresentações e/ou entregas parcelares (autoavaliação, avaliação por pares e avaliação por docente(s), valorizando competências técnicas, competências de criatividade e pensamento crítico e competências so-ciais e de comunicação).

Época Normal e de recurso:
- Avaliação da componente TP: · Exame final.
- Avaliação da componente PL: · Prova oral que deve tender a avaliar os mesmos aspetos definidos para a avaliação durante o período letivo.

Bibliografia Principal
Bauer, L. A. Falcão ; ; Dias, João Fernando, ed. lit. - Materiais de construção. 5ª ed. Rio de Janeiro : LTC, 1995-1997. 2 vol.. ISBN 85-216-1002-5 (v.I). ISBN 85-216-1003-3 (v.II)

Coutinho, A. de Sousa ; Gonçalves, Arlindo - Fabrico e propriedades do betão. Lisboa : LNEC, 1973-1997. ISBN 972-49-0326-5 (vol. 1, 2). ISBN 972-49-1645-6 (vol. 3)

Davim, J. P. ; Magalhäes, A. G. - Ensaios mecânicos e tecnológicos. Aveiro : Estante, 1992. 206 p.

Davim, J. P. ; Magalhães, A.G. - A volta dos ensaios mecânicos. Aveiro : Estante, 1993. 61 p.

Bowman, Keith - Mechanical behavior of materials. New York : John Wiley, cop. 2004. XII, 334 p.. ISBN 0-471-45231

Cruz, A. Correia da ; Carreira, João - Ensaios mecânicos. Lisboa : ISQ, 1992. 195 p.

Sousa, Sérgio Augusto de - Ensaios mecânicos de materiais metálicos : fundamentos teóricos e práticos. 5ª ed.. Säo Paulo : Edgard Blücher, 1982. [14], 286 p.

Bibliografia Complementar
Coutinho, J.S. - Materiais de Construção 2 - 1º parte - Ligantes e Caldas. Departamento de Engenharia Civil. FEUP. http://paginas.fe.up.pt/~jcouti/ligantes2006.pdf

Coutinho, J.S. - Materiais de Construção 1 - Parte 1 - Metais e ligas metálicas. Departamento de Engenharia Civil. FEUP. http://paginas.fe.up.pt/~jcouti/capitulo1MC1%2003.pdf

Juvandes, L. - Materiais Compósitos Reforçados com Fibras. Ciências dos Materiais, Licenciatura em Engenharia Civil, FEUP. http://civil.fe.up.pt/pub/apoio/ano1/CienciaDosMateriais/apontamentos/teorica_20022003/LJ_Ciencia_Materiais_2002.pdf

Portugal. Instituto Português da Qualidade - Ensaio do betão endurecido : parte 7: massa volúmica do betão endurecido : NP EN 12390-7 (2003). Janeiro de 2004. Lisboa : IPQ, 2004. 12 p.

Portugal. Instituto Português da Qualidade - Ensaio do betão fresco : parte 1: amostragem : NP EN 12350-1 (2002). Abril de 2002. Lisboa : IPQ, 2002. 7 p.

Portugal. Instituto Português da Qualidade - Ensaio do betão fresco : parte 5: ensaio da mesa de espalhamento : NP EN 12350-5 (2002). Novembro de 2002. Lisboa : IPQ, 2002. 12 p.

Portugal. Instituto Português da Qualidade - Ensaio do betão fresco : parte 5: ensaio da mesa de espalhamento : NP EN 12350-5 (2002). Novembro de 2002. Lisboa : IPQ, 2002. 12 p.

Farinha, J. S. Brazäo ; Reis, A. Correia - Tabelas técnicas. Setúal : E.T.L., 1996. XXIII, 668 p.
 
 
 

Em destaque

EM AGENDA

D S T Q Q S S
 
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
31
 
Format: 2020-10-20
Format: 2020-10-20

Sem agenda para este dia.