Escolas Superiores Portais
ESEESAESTGESSESCEESDL MULTIMÉDIAINTERNACIONAL
Escola Superior de Educação
Escola Superior Agrária
Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Escola Superior de Saúde
Escola Superior de Ciências Empresariais
Escola Superior de Desporto e Lazer
SASOTICEMPREGO
 
   
 

Programa Unidade Curricular

Curso
Unidade Curricular
Ano
Periodo
ECTS
Ano Letivo
Engenharia Civil e do Ambiente
Resistência dos Materiais II
2
S1
5
201920

 
T
TP
TC
P
PL
L
S
E
EC
O
OT
Horas de Contacto
0
21
0
0
28
0
0
0
0
0
0

Equipa Docente
Nome
Carga Letiva na UC
Responsável
Patrício António de Almeida Rocha
49

Resumo
Cálculo de tensões e análise das deformações de barras submetidas a esforços de: Flexão, Corte, Torção e Encurvadura.

Objetivos da Aprendizagem
1- Estudar o efeito dos esforços de corte e torção em barras.
3- Estudar o comportamento de barras sujeita à flexão.
2- Avaliar as deformações em barras fletidas.
4- Compreender e avaliar o efeito da instabilidade elástica (ou encurvadura) em barras comprimidas.

Conteudos Programáticos
Horas
1- Flexão Pura e Flexão Simples - Hipóteses fundamentais. Tensões normais em flexão pura.
8
2- Flexão Desviada - Conceitos fundamentais. Determinação de tensões máximas. Equação do eixo neutro. Pré-dimensionamento e Verificação de Segurança de perfis metálicos. Verificação de segurança de cantoneiras metálicas.
8
3- Flexão Composta - Conceitos fundamentais. Tensões normais. Equação do eixo neutro. Determinação do núcleo central.
8
4- Deformação de barras fletidas - Método da integração da elástica. Método da unidade fictícia de carga ou de Maxwell-Mohr e simplificação de Bonfim Barreiros.
8
5- Tensões tangenciais em flexão simples - Princípios gerais. Formulação do cálculo de tensões tangenciais.
8
6- Vigas de parede delgada e secção aberta e fechada. Centro de corte ou de torção.
8
7- Instabilidade elástica ou Encurvadura - Definição e ilustração física do fenómeno de instabilidade. Modelo fundamental de Euler e extensão a outros sistemas de apoio. Tensões críticas de encurvadura. Tensões admissíveis e verificação segurança em barras axialmente comprimidas de acordo com o REAE.
9

Metodologias de Ensino
Exposição teórica dos temas abordados.
Concretização das metodologias em exemplos práticos.
Acompanhamento na realização do trabalho prático para avaliação.

Avaliação
Tipologia de avaliação: Avaliação contínua
Assiduidade: Obrigatória (80% aulas práticas)
Avaliação teórica (50%): Realização de provas escritas de carácter teórico-prático
Avaliação Prática (50%): Prestação individual durante as aulas e apresentação dos trabalhos práticos

Bibliografia Principal
- SILVA, Vitor Dias da - Mecânica e resistência dos materiais. 3ª ed. Coimbra : Zuari, 2004. XV, 476 p.. ISBN 972-98155-1-8
- BRANCO, Carlos A. G. de Moura - Mecânica dos materiais. 3ª ed. Lisboa : Fundação Calouste Gulbenkian, 1998. 1080 p.. ISBN 972-31-0825-9
- PORTELA, Artur ; SILVA, Arlindo - Mecânica dos materiais. Lisboa : Plátano, 1996. [315] p.. ISBN 972-707-148-1
- BEER, Ferdinand Pierre ; JOHNSTON, E. Russell - Resistência dos materiais. 3ª ed. São Paulo : Makron Books, cop. 1996. XX, 1255 p.. ISBN 85-346-0344-8
- GIET, A. ; GÉMINARD, L. - Résistance des matériaux : cours et exercices. 5e ed. Paris : Dunod, cop. 1997. VIII, 360 p.. ISBN 2-10-003373-5
- FARINHA, J. S. Brazäo ; REIS, A. Correia - Tabelas técnicas. Setúal : E.T.L., 1996. XXIII, 668 p.

Bibliografia Complementar
- Regulamento de Estruturas de Aço para Edifícios (REAE), Imprensa Nacional, 1986.
- Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes (RSA), Imprensa Nacional.
- Engineering Mechanics, Vol. I: Statics, Meriam, J.L. & Kraige; 3rd Edition; John Wiley & Sons, Inc., 1993
- Resistência dos Materiais, Beer, Ferdinand P.; MCGRAW HILL
 
 
 

Em destaque

EM AGENDA

D S T Q Q S S
 
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
31
 
Format: 2020-10-20
Format: 2020-10-20

Sem agenda para este dia.