Escolas Superiores Portais
ESEESAESTGESSESCEESDL MULTIMÉDIAINTERNACIONAL
Escola Superior de Educação
Escola Superior Agrária
Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Escola Superior de Saúde
Escola Superior de Ciências Empresariais
Escola Superior de Desporto e Lazer
SASOTICEMPREGO
 
   
 

Programa Unidade Curricular

Curso
Unidade Curricular
Ano
Periodo
ECTS
Ano Letivo
Engenharia Civil e do Ambiente
Física
1
S1
6
201920

 
T
TP
TC
P
PL
L
S
E
EC
O
OT
Horas de Contacto
0
40
0
0
24
0
0
0
0
0
0

Equipa Docente
Nome
Carga Letiva na UC
Responsável
Paulo Sérgio de Amorim Caldas
64

Resumo
Nesta unidade curricular os alunos aprendem conceitos básicos de mecânica e de fluidos e ainda conceitos fundamentais de Termodinâmica que vão aplicar nas unidades curriculares subsequentes.

Objetivos da Aprendizagem
1- Introdução e revisão de conceitos físicos básicos que são fundamentais para a compreensão das matérias leccionadas nas unidades curriculares subsequentes.
Noção de velocidade, força, energia, pressão e temperatura. Assimilação das leis fundamentais da física que relacionam estes conceitos. Compreensão dos fenómenos oscilatório e ondulatório.
Introdução à mecânica dos fluídos

Conteudos Programáticos
Horas
1- 1- 1. Grandezas e Unidades Físicas
1.1. Noções Gerais
1.2. Grandezas Físicas Elementares
1.3. Dimensões das Grandezas Físicas
6
2- 2. Mecânica
2.1 Cinemática
2.2 Leis de Newton
2.3 Conservação da Energia
2.4 Momento de uma Força
2.5 Movimento Oscilatório Simples
2.6 Oscilações Amortecidas e Forçadas. Ressonância.
12
3- 3. Fluidos
3.1 Conceitos Básicos de Hidrostática
Lei de Stevin
Manómetros e Barómetros
Lei de Pascal
Lei de Arquimedes
3.2 Hidrodinâmica de fluidos ideais
A Equação de Continuidade
A Equação de Bernoulli
3.3 Viscosidade
6
4- 4. Termodinâmica
4.1 Temperatura e sua medição
4.2 Expansão Térmica
4.3 Primeira Lei da Termodinâmica. Noção de Trabalho e Calor
4.4 Gás Ideal. Processos Isotérmicos e Adiabáticos
4.5 Capacidade Térmica e Calor Latente
4.6 Máquinas Térmicas e Frigoríficas
Segunda Lei da Termodinâmica
Ciclo de Carnot
4.7 Mecanismos de Transferência de Calor
8
5- 5. Complementos de Mecânica
5.1 Conservação do Momento Linear
5.2 Momento de Inércia
5.3 Conservação do Momento Angular
5.4 Movimento Ondulatório
Noção de onda. Tipos de ondas.
Equação geral de ondas progressivas. Conceitos fundamentais.
Ondas Estacionárias. Frequências de Ressonância.
5.5 Ondas Sonoras
Velocidade do Som
Intensidade e Nível do Som
8
6- 6- Práticas laboratoriais
24

Metodologias de Ensino
Aulas Teórico-práticas:
Exposição da matéria teórica da disciplina com resolução de exercícios na aula

Aulas Práticas
Realização de experiências Laboratoriais

Avaliação
A nota final da unidade = 60% TP+ 40% Prática. A média final entre as componentes Teórico-prática e Prática tem de ser igual ou su-perior a 9,5 valores.
A UC tem o seguinte regime de frequência das aulas:
- As componentes T/TP não é de frequência obrigatória;
- A componente PL é de frequência obrigatória pelo que prevê a obrigatoriedade de presença do estudante até 80% das aulas previstas do plano de estudos. O estudante que exceder injustificadamente o limite de ficará automaticamente reprovado

Avaliação Teórico-prática A avaliação da componente teórico-prática tem um peso de 60% na classificação final.
A nota mínima para os alunos obterem aprovação na componente teórico-prática de 9,5 valores.
A nota final da componente teórico-prática pode ser obtida por 2 processos:
Avaliação Periódica
A avaliação da componente teórico-prática, por prova escrita, com um peso de 60% na classificação final, com a realização de 2 testes ao longo do semestre e durante o perí-odo letivo. Os alunos terão que realizar todos os testes com uma nota mínima de 4 valores. A média dos testes deverá ser igual ou superior a 9,5 valores.
Avaliação Exame final
Um exame final sendo que a nota mínima a obter nesta componente da avaliação deverá ser igual ou superior a 9,5 valores (Normal , Recurso e Especial).

Avaliação Prática ª
Entrega de um relatório individual (35%), questionários em grupo (50%) e entrega individual do trabalho de erros (15%). A nota dos questionários resulta da média. Os alunos terão que realizar um número mínimo de (n-1) trabalhos para obterem apro-vação à componente prática., em que n representa o número total de trabalhos propostos
Os alunos trabalhadores-estudantes que não possam frequentar as aulas práticas têm que definir, por escrito, com o docente até 31 de Outubro o método de avaliação da componente prática (exame prático ou a realização dos trabalho em data a combinar). A nota mínima para os alunos obterem aprovação na componente prática e poderem ir a exame é de 9,5 valores.
Na Época Normal por exame final, Época Recurso e Época Especial os alunos que te-nham realizado os trabalhos laboratoriais e não tendo atingido a nota mínima serão avaliados por um exame prático a combinar
Os alunos que realizaram todos os trabalhos práticos e foram aprovados nos anos leti-vos 2016/2017, 2017/2018 e 2018/2019 estão dispensados de frequentar a com-ponente prática.

Bibliografia Principal
Almeida, G.- Sistema Internacional de Unidades (SI). Grandezas e Unidades Físicas, 2ª ed., Plátano Editora, 1997

Halliday, D., Resnick, R. e Krane, K.S. - Física 1-4, Livros Técnicos e Científicos Editora S.A, 4ª ed., 1996

Bibliografia Complementar
-
 
 
 

Em destaque

EM AGENDA

D S T Q Q S S
 
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
31
 
Format: 2020-10-20
Format: 2020-10-20

Sem agenda para este dia.