Escolas Superiores Portais
ESEESAESTGESSESCEESDL MULTIMÉDIAINTERNACIONAL
Escola Superior de Educação
Escola Superior Agrária
Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Escola Superior de Saúde
Escola Superior de Ciências Empresariais
Escola Superior de Desporto e Lazer
SASOTICEMPREGO
 
   
 

Exposição de Armando Alves

Exposição de Armando Alves

Centro Académico

As salas do Centro Académico do IPVC vão acolher as obras de Armando Alves, nome incontornável da pintura portuguesa, já no próximo dia 6 de dezembro. “Nesta exposição mostram-se trabalhos de Armando Alves datados de 1999 a 2016. Desenho e pintura, num grupo coerente de obras, revelador das últimas décadas do seu percurso” revela a curadora Laura Castro no texto de apresentação que consta do catálogo da exposição. “Não temos diante de nós trabalhos que manifestam outras dimensões da atividade de Armando Alves, a desvendar uma abordagem mais experimental e a exploração de processos diferentes daqueles que a pintura admite. Refiro-me aos objetos que produziu nos anos 60 e que retomou em finais da década de 80, híbridos entre escultura e design, e àqueles que ganharam escala diferente e se orientaram para projetos destinados ao espaço público”. Laura Castro acredita que quem visitar esta exposição irá “aceder a uma parte da obra do artista, apenas uma, mas muito significativa”.

Nesta exposição, Armando Alves, consagrado pintor português e fundador do grupo “Os Quatro Vintes”, apresenta 26 pinturas em acrílico sobre tela.

Sobre a exposição, Laura Castro, escreve que “as paisagens que nos propõe a exposição testemunham o ritmo dual da sua criação. Nelas vemos o cuidado com a linha do horizonte, o poder do centro, a composição intransigente, a organização precisa. Testemunhamos também a constância dos temas, árvores, horizontes longínquos, terra a perder de vista e céus que dominam a terra. E percebemos, na inclinação das pinceladas ou dos traços do desenho, no alinhamento equilibrado dos seus componentes, uma escrita, concisa, em elaboração”.

A obra de Armando Alves tem sido frequentemente exposta no país e no estrangeiro estando igualmente representada em diversas coleções particulares e públicas.

Palestra com os estudantes do IPVC

Antes da inauguração da exposição Armando Alves dará uma palestra para os estudantes do IPVC. Organizada pela Oficina Cultural do IPVC a palestra com o Pintor/Designer Armando José Ruivo Alves, está marcada para as 14h00, no auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão.

O responsável pelos serviços de ação social do IPVC, Diogo Moreira, realça a importância destes encontros “uma vez que desta forma conseguiremos proporcionar aos estudantes uma outra abordagem sobre o estado geral da arte”. Diogo Moreira revela que a aposta da Oficina Cultural “passa por promover muito mais do que exposições. Pretende-se fomentar estes encontros com os artistas de forma a dar uma outra componente à formação dos nossos estudantes, mostrando-lhes outras abordagens, conceitos, outra visão sobre a realidade, novas perspetivas”, conclui.

A exposição estará patente no Centro Académico do IPVC de 6 de dezembro até 26 de fevereiro de 2017.

Quem é Armando Alves?

Armando José Ruivo Alves nasceu em Estremoz, em 1935.

Faz o Curso de Preparação às Belas Artes, na Escola de Artes Decorativas António Arroio, em Lisboa e, no Porto, frequentou o curso de Pintura na Escola Superior de Belas Artes, que terminou em 1962, com a classificação de vinte valores.  Acaba por ser nomeado Professor Assistente, na ESBAP, onde introduz o estudo das Artes Gráficas.

Em 1964 realizou uma viagem de estudo a Londres, enquanto bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, e começa a expor individualmente. No ano seguinte fez novas viagens de estudo, desta vez a Espanha e a França.

Com os colegas Ângelo de Sousa, José Rodrigues e Jorge Pinheiro formou o grupo "Os Quatro Vintes", em 1968, com o qual veio a expor no Porto, em Lisboa e em Paris, durante os anos 60 e 70. Nesta altura dedica-se de forma mais aprofundada às Artes Gráficas, área que ajudou a modernizar e a revalorizar.

Em 1973 deixa o ensino na ESBAP e começa a dedicar-se quase que de forma exclusiva às Artes Gráficas.

É um dos fundadores da Cooperativa Árvore e um dos intervenientes, desde a sua criação, do Lugar do Desenho - Fundação Júlio Resende, no âmbito da qual participou, entre 1997 e 1999, em exposições no Brasil, no Chile, em Cabo Verde e em Moçambique (Maputo e Ilha de Moçambique).

Este notável pintor, desenhador, ilustrador e artista gráfico, (que evoluiu na pintura, do neorrealismo para o abstracionismo), está representado na coleção do Museu Nacional Soares dos Reis, no Porto, na coleção da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, na Câmara Municipal de Matosinhos, na coleção da Fundação de Serralves. Ao longo da sua carreira alcançou importantes prémios e distinções, como o primeiro prémio na Mostra de Artes Gráficas Grafiporto 83, no Museu Nacional de Soares dos Reis, e o grau de Grande Oficial da Ordem do Mérito, concedido pelo Presidente da República, Cavaco Silva, nas comemorações do 10 de Junho de 2006, que tiveram lugar na Alfândega do Porto.

Última atualização: 
02.12.2016
 

Download

Imagens

Exposição de Armando Alves

Partilhar

 
 
 
 
 
 
 

Em destaque

EM AGENDA

D S T Q Q S S
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
31
 
 
Format: 2019-05-19
Format: 2019-05-19

Próximos Eventos