Escolas Superiores Portais
ESEESAESTGESSESCEESDL MULTIMÉDIAINTERNACIONAL
Escola Superior de Educação
Escola Superior Agrária
Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Escola Superior de Saúde
Escola Superior de Ciências Empresariais
Escola Superior de Desporto e Lazer
SASOTICCENTRO DESPORTIVO
 
   
 

Biotecnologia

Licenciatura - ESA - Biotecnologia

Objetivos

A Licenciatura em Biotecnologia da ESA – IPVC caracteriza-se por um ensino marcadamente aplicado e uma formação predominantemente profissionalizante, promovendo a formação de profissionais bem preparados para o exercício da profissão, com competências que lhes permitam contribuir para o desenvolvimento de aplicações tecnológicas nas áreas da biotecnologia agrícola, alimentar e ambiental.

Na área de intervenção da Biotecnologia Agrícola, conferem-se competências para:
• desenvolver aplicações biotecnológicas com vista à obtenção de variedades de plantas com características melhoradas, mais produtivas, mais tolerantes a condições adversas, resistentes a herbicidas e pragas;
• atuar ao nível do diagnóstico de doenças genéticas, desenvolvimento de novas vacinas e hormonas de crescimento;
• executar um programa de micropropagação, micorrização e baterização de espécies florestais e agrícolas;
• atuar no teatro da produção integrada, recolhendo, avaliando e produzindo organismos de interesse para a produção vegetal, incluindo agentes de biocontrolo e de promoção de crescimento das plantas.
• Atuar no domínio da produção integrada

No domínio da Biotecnologia Alimentar, conferem-se competências para:
• identificar, selecionar e melhorar microrganismos industriais para produção de enzimas, aminoácidos, agentes antimicrobianos, compostos responsáveis por características organoléticas diferenciadas, produtos de valor acrescentado, novos produtos alimentares, em particular, no domínio dos alimentos funcionais;
• otimizar os processos de produção de fermentos e produtos alimentares fermentados; dominar os mecanismos de produção de biomassa e metabolitos;
• otimizar técnicas de conservação e transformação de alimentos;
• aplicar técnicas moleculares para autenticação e rastreabilidade de produtos alimentares.

Na área da Biotecnologia Ambiental, conferem-se competências para:
• identificar e selecionar microrganismos e plantas intervenientes em processos ambientais específicos;
• implementar e monitorizar processos de tratamento biológico de águas residuais, tratamento biológico de resíduos sólidos, controlo de emissões gasosas mediante a utilização de biofiltros, produção de bioenergia e técnicas de biorremediação, com vista à redução da poluição de ecossistemas aquáticos e terrestres;
• selecionar indicadores biológicos para avaliar o estado dos ecossistemas;
• desenvolver processos tecnológicos com vista à obtenção de produtos com menor impacte ambiental.

Última atualização: 
08.05.2012
 

Partilhar

 
 
 
 
 

Em destaque

EM AGENDA

D S T Q Q S S
 
 
 
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
 
 
 
 
 
 
Format: 2014-11-25
Format: 2014-11-25

Próximos Eventos